Conselho Consultivo

Home > Services > Conselho Consultivo
conselho

Pequena e média empresa pode ter conselho?

Empresas de qualquer porte ou natureza jurídica podem determinar a criação de um Conselho.

Isso quer dizer que até empresas de pequeno e médio portes também podem ter um Conselho e se beneficiar com as melhores práticas de gestão. Importante que os conselheiros estejam alinhados aos princípios e valores da empresa, tenham capacidade de articulação e experiência de mercado.

A Blue Numbers entende a cultura de seus clientes e leva as melhores práticas de mercado para transformá-los, redirecioná-los em busca de seus objetivos estratégicos, conseguindo alavancar os resultados.

Não é raro, já numa primeira reunião de trabalho, os consultores da Blue Numbers conseguirem trazer soluções que trarão um impacto bastante grande na geração de resultados. Isso porque nossos consultores são muito experientes, já tendo participado, na média, de 50 projetos, cada um. E esse é o nosso maior diferencial.
A equipe da Blue Numbers é altamente técnica e especializada em diferentes segmentos, como: Finanças, Comercial e Marketing, Recursos Humanos e Processos.

A função básica de um Conselho é manter, na tomada de decisões, o direcionamento estratégico dos negócios, de acordo com os principais interesses da organização. Além disso, o órgão deve estabelecer diretrizes para um planejamento estratégico e validá-lo junto aos diretores da empresa.

A remuneração dos conselheiros deve levar em conta suas exigências de comprometimento e presença, qualificação e valor agregado à empresa, sempre por meio de critérios claros e objetivos.

Até pelo princípio da transparência, adotado na Governança Corporativa, é muito importante que os conselheiros emitam relatórios anuais e prestem contas de todos os seus gastos, incluindo consultas externas a advogados ou auditores, despesas com treinamento e desenvolvimento e gastos com secretaria administrativa, por exemplo.
Os conselheiros podem ser avaliados para que se decida pela permanência ou não dos mesmos.

Embora somente empresas de capital aberto são obrigadas a ter um Conselho administrativo, as demais empresas também podem se beneficiar com a criação de um Conselho.

Empresas de pequeno e médio portes tendem a se beneficiar muito com o apoio de Conselheiros.

Olhares diferentes, de profissionais experientes e que não vivem as angústias no dia a dia, trazem visões de fora, comparações com empresas do mesmo segmento. Com isso, ganha-se muita velocidade e segurança na tomada de decisões. Adotar práticas de Governança Corporativa é um passo importantíssimo na trajetória de toda empresa, independentemente do porte. Leva-se à uma diminuição das suas principais fragilidades e melhora no sistema de gestão da organização, como um todo, buscando sempre as melhores práticas do mercado.