Crenças, rituais e gestão
18 de fevereiro de 2019
Metas de Venda não devem ser batidas, mas sim “Espancadas”
15 de março de 2019
Exibir tudo

A prática leva à displicência

Todos dizem que a prática leva à excelência mas nem sempre isso é verdade. Com mais de 12 mil horas de consultoria e mentoria posso dizer o que descobri sobre isso em uma única frase:

”A prática leva à displicência.”

O melhor exemplo pra isso é dirigir. Se você dirige, vai reconhecer esta sensação: Qdo vc está aprendendo a dirigir vc está nervoso, ansioso e pensando em cada movimento: pisa na embreagem, engata a marcha, pisa devagar no acelerador, solta aos poucos a embreagem e se estiver numa subida então, pior… Mas acontece que quando o tempo passa e você ganha prática, a consciência vai embora dessa atividade e vc dirige conversando, cantando, pensando em outras coisas e até respondendo mensagem do WhatsApp. Essa é a displicência que mais causa acidentes.

A prática só leva a excelência quando acompanhada pela consciência, ou seja, quando estamos 100% presentes e conscientes da atividade que estamos realizando. Porém, quando repetimos algumas vezes a mesma tarefa a tendência do ser humano enquanto espécie é automatizar a ação, fazer baseada em memória muscular e instinto e então a nossa consciência foge da tarefa e pensamos em outras coisas.

Mantendo-se presente e consciente

Porque qualquer outra pessoa deveria ter o poder de determinar quem você é? Porque a situação a sua volta deveria determinar o que você vai fazer? Porque você não está no controle da única coisa que você realmente pode controlar? Manter presença consciente é trabalhoso, mas também traz benefícios incríveis. Além disso, se você quer algo extraordinário, saiba que o esforço para conquistar, também será extraordinário. Não estamos falando de trabalhar demais (pode ser que também seja necessário), estamos falando de protagonismo, de liderar sua vida em direção ao destino desejado.

Faça tudo de propósito.

E sei que estamos na era do propósito mas não estou falando de ter uma razão para ser e fazer. Isso é inacreditavelmente importante, mas não é disso que estou falando agora. Estou falando de fazer as coisas de caso pensado, com a intenção de fazê-las. Lembre-se que estamos sempre falando sobre carreira aqui, e que carreira é sua jornada, a história já escrita e aquela que ainda será. Sua jornada sempre irá refletir a integração entre sua vida pessoal e profissional. Abrir mão do seu livre arbítrio para deixar a vida te levar, é legal na música famosa, mas é pouco prático em termos de carreira.

O trabalho é o principal instrumento de transformação da vida

Por trabalho quero dizer qualquer ação produtiva que gere valor para você, para seu cliente e/ou para a sociedade. É assim que valorizamos nossa contribuição para a comunidade e é assim que transformamos o ambiente à nossa volta para que ele atenda nossas necessidades e aspirações.

E como seria possível fazer isso se não de propósito?

Dicas para uma atitude profissional consciente e presente

Intencionalidade é uma prática e sendo assim, tem método, ou melhor, vários. Abaixo seguem algumas dicas que tem funcionado especialmente na prática profissional.

Seja dono da sua história

O que aconteceu, aconteceu… forjou a pessoa que você se tornou, e fazer de conta que a história é outra vai consumir energia valiosa para elevar seu nível de entrega, resultados e por consequência, seu nível de sucesso.

Reconheça: Você já sobreviveu a 100% dos piores dias da sua vida

Você é mais forte do que acredita, porém, se olhar para sua história com um pouco mais de atenção, encontrará evidências e provas disso. Além de ter sobrevivido aos piores dias da sua vida, você tem inúmeras conquistas, e várias delas relacionadas com trabalho ou como consequência do trabalho.

Liste suas vitórias e você se sentirá mais forte.

Autoconfiança é o desejo de tentar

”Autoconfiança não tem nada a ver com acreditar em si mesmo, tem a ver com o desejo de tentar, mesmo se você não acreditar em si mesmo”

Na prática, autoconfiança tem a ver com se permitir tentar. Ação é a chave. Para a autora da citação acima, Mel Robbins, a maior demonstração de Autoconfiança é tentar apesar de todas as dúvidas sobre sua capacidade. A ideia é começar com pequenas ações e, aos poucos, se tornar mais ousado nas tentativas.

O sucesso está em descobrir formas de ter alta performance independente da crença inicial.

Faça coisas que demandem presença e consciência

Sempre que nos lançamos a realizar uma atividade nova nossa mente fica aguçada. Sim, alguns sintomas de ansiedade e dúvidas sobre sua capacidade podem surgir, mas se você estiver disposto a tentar, a crença não importa. Sua mente irá resgatar todos os recursos que te garantiram vitórias, os recursos que te fizeram sobreviver os piores dias da sua vida e vai trazer à tona para elevar sua capacidade de enfrentar o desconhecido.

Sua atenção ficará focada e sua capacidade de aprendizagem será elevada e a sua consciência se fará presente. Colocar-se à disposição para tentar algo novo, explorar novas possibilidades, aprender e progredir é a maneira mais eficiente para manter a consciência e a presença durante seu trabalho, sua carreira, sua vida e sua trajetória.

Ou seja, jogar só o jogo que você conhece coloca você numa posição em que sua consciência te abandona rápido e portanto leva seu sucesso e potencial embora junto com ela. Desafiar-se a progredir é a única chance de realmente prosperar. Traga sua consciência de volta para sua prática profissional e construa sua carreira de sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *